Wednesday, April 28, 2010

Vida de estrangeiro na Irlanda

Esse post será para o Patrick que tem me acompanhado e deixado comentários construtivos e pra quem eu antes de tudo agradeço a atenção.

Patrick, responder a sua pergunta nao é tao simples assim. Ex: se eu te disser que aqui na Irlanda eles dão bastante oportunidades pra estrangeiro e que o brasileiro aqui se dá bem, isso será apenas a visão de alguém que relativamente se deu bem aqui. Na verdade me considero um privilegiado no meio de tanta gente pois acabei caindo na parte mais bonita do país que é o oeste. Amanhã vc poderia ouvir um brasileiro que voltou desapontado pro Brasil dizendo que aqui é uma m...e isso seria apenas outra opinião.

A resposta mais sensata seria: tá de saco cheio de morar no mesmo lugar? Quer conhecer lugares novos, gente maluca e beberrona e nao tem nada a perder?

Além disso, tu tens disposição pra enfrentar o frio, chuvas quase todas as semanas do ano, rajadas de vento chatíssimas, pessoas malucas e beberronas(rs), frustraçoes por não entender o que estao falando, ou mandar mal numa entrevista porque o ingles não é bom?!

Sinceramente eu acho que isso tudo é pinto, inda mais quando vc segue a linha do "onde há vontade, há um meio"

Saiba Patrick, que eu já perdi a conta de quanta gente já me fez essas perguntas. Mas finalmente eu to tendo a oportunidade de dar uma resposta mais sensata. Portanto mais uma vez eu agradeço a sua pergunta :-)

A outra resposta que eu dou pra aqueles que querem tentar a vida aqui é esquecer preconceito. Esquecer que "jamais vai trabalhar com limpeza ou em sub-empregos*". Então de novo a resposta é, contanto que vc tenha disposição, tá tudo certo. "Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena".

Voltando a parte das minhas opinioes, deixando bem claro que minhas opinioes tem pouca base estatística e envolvem mais o que eu leio por aí, sim, acho que o estrangeiro em geral, não só o brasileiro, ainda é bem aceito aqui. Apesar da recessão que jogou um balde de água fria nesse país, fazendo com que muitos imigrantes (maioria do leste europeu) voltassem pra casa e muitos irish voltassem a trabalhar nos tais "sub-empregos", o país ainda sustenta uma posição bem confortável quando o assunto é qualidade de vida. Isso é o tipo de coisa q vc pode perguntar a qualquer um aqui e a resposta vai ser a mesma.

Por último, Patrick, pra eu responder sua pergunta com maior precisão eu precisaria saber qual é o teu caso: tens cidadania européia? Tem vontade de vir pra estudar? Qual teu nível de ingles?

Agora falando muito resumidamente vou deixar o meu histórico: eu estava no Brasil, praticamente fazendo nada, com alguns freelances, quando eu conheci a Karen. Acabei vindo pra cá pra morar com ela e a única forma seriame matriculando numa escola de ingles. Quase tres anos depois onde aí inclui casamento e experiencias que vao desde segurança até garçom, eu agora to num emprego em uma empresa de localização já há um ano e cinco meses. As coisas não são fáceis, porém a gente segue na luta. Adoraria poder ajudá-lo melhor, não só vc mas tantos outros brasucas que certamente tem a mesma dúvida ou o mesmo sonho.

Até o prox post. (que provavelmente vai ser a parte II desse)

2 comments:

Patrick said...

Cara...muito, mas muito obrigado mesmo pelo atenção.... puta merda, nunca pensei que vc fosse realmente escrever sobre o assunto que eu tinha levantado....tô feliz pra caralho aqui lendo o seu post!

vc realmente esclareceu e explicitou o espírito da coisa, cara...eu realmente tenho muita vontade de ir pra Irlanda e o "tá de saco cheio de morar no mesmo lugar? Quer conhecer lugares novos, gente maluca e beberrona e nao tem nada a perder?" se encaixa perfeitamente no meu perfil... eu sou formado em química, tenho um inglês de leitura e audição razoavelmente bom (só num consigo me expressar ainda tão bem...quase nada, aliás...auaohiau...mas entendo quase tudo), e minha filosofia é a exatamente "onde há vontade, há um meio" e "Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena"... impressionante mesmo cara...eu não ligo nem me importo com o tipo de trabalho, pois qualquer trabalho é digno..e dignidade é o essencial para viver...lógico que minha intenção seria aproveitar meu currículo, mas isso eu prefiro deixar pra depois que me instalar e me estabilizar (objetivo mor), nesse meio tempo se precisar meter a mão no vazo pra deixar limpo eu meto...sem problema algum!

quando eu levantei a questão pensei no mesmo instante o quanto essa pergunta já estava batida, né cara....mas tentei ser o menos incoveniente possível...e se por acaso fui não era minha intenção apenas especular, eu tenho realmente esse objetivo concreto de ir praí....trabalhar, aprimorar o inglês, e até mesmo seguir a vida aí...

e respondendo suas questões agora:


...meus planos de ir praí são de médio a longo prazo (entre 2 - 5 anos);

...não, eu não tenho cidadania européia;

...tenho vontade de ir praí por interesse profissional...trabalhar mesmo, seja na área acadêmica ou mesmo na área industrial ou de serviços... (óbvio que isso vai demorar muito, mesmo depois de eu chegar aí..por isso tenho que ir pegando o que aparecer até me estabilizar);

...não tenho problema algum com o clima...aqui em são paulo não é muito diferente.....kkkkkk

...meu inglês é do intermediário (leio razoalvelmente bem, ouço razoavelmente bem, mas falo pouco e escrevo pouco);


...adoro GUINNESS!!!

...sei que por exemplo teria como eu ir praí por pacotes de intercâmbio...6 meses estudando e 6 meses trabalhando...mas e depois? eu queria poder ficar aí...continuar aí e acho q isso q é O difícil, né? (não tenho idéia de como ficar aí permanentemente...se é q isso é possível...hehehe)... mas enfim...a primeira oportunidade (não inconsequente) eu abraço...


e por fim...velho, sei que a sua intenção também não é e nem foi simplesmente esclarecer somente a mim essa questão, mas obrigado mesmo por tê-la direcionada (mesmo pq penso que é mais fácil explicar em forma de texto quando se dirige a escrita a um espectador...essa ferramenta de direcionar a escrita como se estivesse frente a frente a um ouvinte é muito objetiva mesmo...hauioahia...e mais prática)...valeu mesmo....


continuarei acompanhando o blog, pq além de vc escrever bem pakas, ainda coloca assuntos do cotidiano e assuntos super interessantes...

grande abraços e até o próximo post!

Tarsila Kruse said...

Oi Antonio! Tudo bem? Meu nome é Tarsila Kruse e eu mantenho o site Vida Na Irlanda www.vidanairlanda.com
que dá dicas de como morar, estudar e viajar na Irlanda. Eu gostaria de adicioná-lo ao meu blogroll. Podemos conversar?
Meu e-mail é tarsila@vidanairlanda.com

Até mais!